Castañon: coxa será a maior vítima da reforma trabalhista

Publicidade:

por Gustavo Castañon, em seu Facebook –

Hoje a reforma trabalhista não atingirá o servidor público já concursado, nem o pobre precarizado que já não tem direitos.

Adivinhem quem a reforma irá atingir? O coxa brasileiro, esse super asno, a figura política mais imbecil da história conhecida do mundo, que acredita nos especialistas da Globo News, sonha com a estabilidade de um emprego público que a reforma enterrará e perderá os direitos trabalhistas no emprego que tem, se tornando um terceirizado.

Muitos no entanto comemorarão o ganho simbólico: ao passar a trabalhar 14 horas por dia para ganhar cinco mil reais o coxa poderá dizer que é sua própria empresa e que agora é um empresário.

No final o que conta mais para o asno é esconder que é um escravo e votar como um burguês. Ele é um verdadeiro super-herói, seu super poder é a super imbecilidade.

Leia Também>>  Presidente do TST diz que trabalhador se fere de propósito por indenização

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *